3º Dia: Cavalos para completar o “tratamento”

2 Dia: Analândia de cabo a rabo
Fevereiro 24, 2014
1º Dia : Desconectando
Abril 22, 2014

Acordamos pra lá de relaxados e com muita dó de deixar esse paraíso. Não sabíamos se voltávamos já pra São Paulo ou não. Peguei um folheto turístico da cidade e tcham, uma descoberta, havia um haras na cidade.

Fomos para lá para descarregar a tensão e  recarregar as energias, não é? Então para finalizar, Equoterapia!…

Peguei informações no telefone que tinha no site, fomos à agência de turismo Cusco e a Thalita nos levaria lá.

O lugar é bárbaro! Muito amplo, bem cuidado e natureza, muita natureza. Chama Haras Vila Colonial. Eles criam os cavalos Paint Horses, aqueles usados pelos índios norte americanos. São brancos com manchas marrom e tem olhos claros, lindos demais.

Visitamos um garanhão e dei maçã para ele. Mas ele era um pouco arredio, tipo estrêla mesmo…

Depois vimos cachoeira, capela, a casa colonial maravilhosa e muitos cavalos e éguas espalhados pela fazenda. Um mais lindo que o outro, assustado mas curiosos, imponentes mas carinhosos. Amei, amei, amei!!!

E ainda fiz amizade com uma simpática e carinhosa dog alemã, a Queica.

Saímos de lá realizados e fechamos almoçando na Fazenda São Francisco. Comida com gosto de infância. Simples, fresquinha e temperinho caprichado.

Eita trem bão que é Analândia!!!!

SAMSUNG viagens de moto 054 viagens de moto 055 viagens de moto 058 viagens de moto 059 viagens de moto 062 viagens de moto 063 viagens de moto 064 viagens de moto 066 viagens de moto 077 viagens de moto 078 viagens de moto 079 SAMSUNG SAMSUNG SAMSUNG SAMSUNG SAMSUNG SAMSUNG SAMSUNG SAMSUNG

Os comentários estão encerrados.